Contos

14/01/2017 07:03

Estávamos os três vivos na tarde azul do sábado, no Alto Caiçara. Fomos comer no self-service. A velha entrou quando já estávamos sentados e foi para uma mesa junto à parede de ladrilhos. Ficou olhando para algo ou alguém às minhas costas e eu quase me virei para ver o que era, quando reparei que […]

Mais >

Gesto largo

14/01/2017 07:02

Fez um gesto largo com o braço e disse para o menino que segurava com a outra mão: Essa montanha já foi uma grande massa pastosa e quente, quentíssima, uma brasa escura rolando, por ali! – apontou. Veja aquelas dobras: se formaram quando ela foi arrefecendo, ficando mais densa, até parar. E está aí há […]

Mais >

Uma fresta nas nuvens

14/01/2017 07:01

Uma fresta nas nuvens Uma fresta nas nuvens no horizonte me deixam ver outras nuvens longínquas sobre o mar, brilhando ao sol. Com se pertencessem a um outro dia. E pertencem: os dias no mar não são como os dias na terra. Essas nuvens distantes me falam de outra realidade, maior que essa em que […]

Mais >

Lucidez

14/01/2017 06:33

Lucidez A ficção tem que fazer sentido, a realidade não. Um problema na loucura é sua constante preocupação com a sanidade. Enquanto a sanidade se preocupa consigo mesma, a loucura se impõe o ônus da justificação. Um problema de coerência interna percebido por uma ótica paranóica, como se à loucura coubesse a justificação do extraordinário. […]

Mais >

O caramujo

14/01/2017 06:01

O caramujo Senti a ausência de meu pai bem aqui ao meu lado, porque não sei o que fazer sobre o caramujo que está morrendo. Saiu do aquário à noite e despencou no abismo de metro e meio até o chão, onde espatifou metade da casca (casa, corpo). Entendo, um bicho lento desses não tem […]

Mais >

Quarta feira

14/01/2017 05:57

Quarta feira Meio anestesiado pelo trabalho, exausto pela insônia, assistiu sem o encontro usual à passagem da primeira quarta-feira. Com medo da dor aumentar, alimentava um secreto orgulho. Punham em prática afinal as escaramuças da separação que sobriamente combinaram, os dois, por ser sensato. Na volta ao lar, cães, filhos, os cabelos molhados da mulher […]

Mais >

O anjo azul

05/09/2016 09:08

O anjo azul Tive este sonho. Um enorme anjo azul transparente envolveu todo o prédio com suas asas e, quando a Reitora chegou à janela e olhou para fora, ele a encheu de sabedoria e bondade. Para ela foi como se a brisa chegasse a enchesse de paz e todos notaram que, quando se voltou […]

Mais >

O túnel

05/09/2016 09:07

O tunel O pior de levar tia Leninha ao médico e que alguém tinha que sentar no banco de trás com ela, porque na hora de passar pelo túnel ela começava a agitar os braços com força e a gritar: “Ai, minha mãe! Ai, minha mãe! ” E era um Deus nos acuda. O que […]

Mais >