Poemas

Lado alado: Poemas

31/12/2016 12:37

Coleção Poesia Orbital – Org. Adriana Versiani et al. Belo Horizonte (1997) – Associação Cuttural Pandora LADO ALADO Nelson Vaz     CRENÇA Você não existe Mas eu acredito ——————– Você recomeça Você não existe, repito ao fantasma em que acredito ——————– Não se iluda: o passado muda ——————– Não esqueci mas coisas caíram lá no fundo […]

Mais >

Lado alado: Apresentação

30/12/2016 12:39

Lado Alado – Apresentação por Ana Caetano (maio, 1997) Abrir um livro é sempre um ato lúdico mas também uma aventura: nunca se sabe em que estado sai a alma ao final. Essa a dupla sensação que nos acompanha nas páginas à frente: uma mistura do espanto primitivo diante do relâmpago que a poesia foi […]

Mais >

Lado Alado: Index

29/12/2016 11:03

Crença / Não se iluda / Não esqueci / Não importa se a luz tece redes / Futuro / Garre St Lazare / Ilusões de simetria / Folha sobre folha / Na varanda, meninos / Ah, esta ilusão/ Filet mignon / O fogo / Meu quarto / Narciso / Nua / Partida / Ao Maurício […]

Mais >

Lado alado: Contracapa

28/12/2016 10:58

Lado alado (contracapa) 1997 Em 1930, havia pitangueiras na areia das praias de Niterói. Nasci em 1936 de pai mineiro e mãe alagoana. Já não vi as pitangueiras, mas amei demais aquele litoral. Nos anos 40, o mundo em guerra, desenhava aviões de mergulho Stuka alemães e Mustangs americanos, lia o Tesouro da Juventude e […]

Mais >