Gregory Bateson

Alegoria – Gregory Bateson

02/03/2017 17:21

Alegoria Gregory Bateson Co-Evolution Quarterly, Spring 1978, pp 44-46   Era uma vez uma linda mulher que tinha o hábito de dormir nos trilhos de ferrovias abandonadas. Na mesma região vivia também um fiscal selvagem que percorria os trilhos em todas as direções. Em seu íntimo, ele era um explorador e, portanto, se interessava particularmente […]

Mais >

E daí? (“So what?”) – Gregory Bateson

12/01/2017 07:15

E daí? (“So what?”)  Gregory Bateson In Mind and Nature, 1980 – London. Fontana.pp 220-229 O, reason not the need: our basest beggars Are in the poorest things superflous: Allow not nature more than nature needs, Man’s life is cheap as beast’s –Shakespeare – King Lear     Filha:      E daí o quê, Papai? Você […]

Mais >

Metálogo – “O que é um Instinto?”

12/01/2017 04:18

Metálogo: “O que é um Instinto?” Metalogue: What is an instinct? (1) Steps 38-58 Gregory Bateson Filha: Papai, o que é um instinto? Pai:   Um instinto, minha querida, é um princípio explicativo. F:         Mas o que ele explica? P:        Qualquer coisa – quase qualquer coisa mesmo. Qualquer coisa que você queira que ele     explique. F:         Não […]

Mais >

Citações de Gregory Bateson – “Frouxo e rígido”

12/01/2017 03:31

Citações de Gregory Bateson Frouxo e rígido “Quero frisar que onde quer que nos orgulhemos de achar uma maneira de pensar ou de expor que é mais nova, mais específica; onde quer que comecemos a insistir muito sobre o “operacionalismo’, ou sobre “lógica simbólica”, ou sobre qualquer desses sistemas muito essenciais de trilhos, nós perdemos […]

Mais >

Vaz – Entre o acaso e o controle: Bateson e a evolução

12/01/2017 03:22

Entre o acaso e o controle: Bateson e a evolução Nelson Vaz O problema de uma abordagem diferente dos problemas biológicos, que seja mais ampla ou mais adequada àBiologia, está sumarizada no título de uma dos últimas gravações de Gregory Bateson, em Esalem (“Bateson tapes”): “Nem mecânico nem sobrenatural” (Bateson, 1980). Bateson inicia o seminário […]

Mais >

O anti-acaso e porque ele é necessário

12/01/2017 02:51

Citações de Gregory Bateson O anti-acaso e porque ele é necessário[1] (A imanência da ordem) Steps 343-345 (Ballantine edition, 1972) Para Gregory Bateson, não tratamos do que é importante na evolução: “A Evolução tem sido mal ensinada. Estudantes – e mesmo biólogos profissionais – admitem teorias de evolução sem nenhuma compreensão profunda do problema que […]

Mais >

Gregory Bateson – Metalogue 1 – Why things get into a mess

11/01/2017 19:15

Porque as coisas ficam assim, bagunçadas?* Gregory Bateson (Metálogo 1)   Filha:      Papai, por que as coisas ficam bagunçadas? Pai   :       O que você quer dizer? Que coisas? Que bagunça? F     :        Bem, a gente passa um tempão arrumando as coisas, mas não se gasta tempo algum em bagunçá-las. Parece que as […]

Mais >

Metálogos de Gregory Bateson – definição

11/01/2017 19:06

Gregory Bateson (1972) – Metálogos, uma definição In “Steps to an Ecology of Mind” New York, Ballantine Books, p 21-26                   Definição: Um metálogo é uma conversa sobre algum assunto problemático. Esta conversa deve ser tal que não apenas os participantes discutem o problema, mas a estrutura da conversa como um todo é também relevante […]

Mais >

O que é epistemologia?

11/01/2017 11:14

  O que é epistemologia?[1] Gregory Bateson (Bateson tapes; seminário em Esalen 1979) Epistemologia é: a – um ramo da Filosofia ligado à pergunta: “Como é possível conhecer algo?”, e, “O que é a verdade?”, e perguntas este tipo; b – um estudo de história natural – ou melhor, dois estudos de história natural: b1 […]

Mais >